Circuito Brasileiro

  • Crédito: CBV.

    De maneira inédita, Hevaldo e Arthur estão no alto do pódio no Circuito Brasileiro.

Hevaldo/Arthur conquista etapa de Natal

Dupla fatura primeira medalha de ouro ao vencer Vitor Felipe/Guto nas areias da capital do RN
Por: Redação - 22/10/2017 21:06:40

Hevaldo e Arthur Lanci conquistaram na manhã deste domingo o título da etapa de Natal, no Rio Grande do Norte, do Circuito Brasileiro Open. A dupla venceu na decisão Vitor Felipe e Guto, por 2 sets a 0 (21/18 e 21/18), em 43 minutos de jogo, na arena montada na Praia do Forte, que ficou completamente lotada pela torcida local.

Este é o quarto título de etapa do Circuito Brasileiro do cearense Hevaldo, enquanto Arthur, de 21 anos, vence pela primeira vez na carreira. É também o primeiro ouro da equipe, formada em agosto deste ano para o início da temporada e comandada pelo técnico Joanildo Junior. A campanha em Natal contou com seis vitórias em seis jogos.

Apesar da prata, Vitor Felipe e Guto lideram o ranking geral após dois vice-campeonatos. Eles somam 720 pontos somando as duas etapas disputadas até aqui. A medalha de bronze da etapa de Natal ficou com Pedro Solberg e George, que na disputa de bronze superaram Bruno e Moisés, por 2 sets a 0 (23/21 e 22/20), em 53 minutos.

Emocionado após a primeira medalha de ouro no tour nacional, Arthur Lanci elogiou o novo parceiro e o trabalho desenvolvido com o CT do técnico Robson Xavier, em Maringá.

“É uma emoção muito grande, os olhos até ficaram marejados depois da partida. É o começo de uma jornada muito grande. Tenho muita coisa a evoluir e muita história pela frente. Quero agradecer ao CT do Robson Xavier, ao pessoal em Maringá, que sempre nos fez acreditar no potencial e manter o sonho de ser um atleta de alto nível”, disse Arthur, que completou.

“Estou jogando com um cara sensacional, experiente, que tem tudo para fazer essa parceria dar certo e agregar ao meu voleibol. Nesta final tivemos uma parte defensiva muito sólida, e não desperdiçamos ataques, cumprimos bem a parte tática e deu muito certo”.

Hevaldo, que volta a vencer uma etapa de Circuito Brasileiro após quatro anos, destacou a motivação e energia que o novo parceiro, 17 anos mais jovem, lhe rendeu.

“É a união da maturidade com o novo, o físico, a empolgação. Precisava de alguém mais novo para me incentivar, me empolgar. Na etapa passada saímos na fase de grupos, agora veio o título. Não deixamos o resultado passado desanimar, ao contrário, foi a motivação. E essa preparação física e mental deu resultado”, revelou Hevaldo.

“É um ouro que representa muita coisa, muita batalha, persistência. Muitas vezes até pensando que as coisas não dariam certo, e acabam dando. É um trabalho muito coletivo de comissão técnica, psicólogo, preparador físico, o Robson Xavier, que faz um trabalho fantástico em Maringá com os jovens. Tudo isso agrega para que as coisas aconteçam”, finalizou.

Quem também saiu contente com a participação foi o paraibano George, que além de levar a primeira medalha ao lado de Pedro Solberg, em uma parceria nova, viu o amigo e ex-parceiro nos torneios de base, Arthur, ficar com a medalha de ouro. Juntos eles venceram os mundiais sub-19 em 2014 e sub-21 em 2016.

“Pedro e eu não desistimos nunca da partida. Fizemos alguns jogos começando mal, mas conseguimos virar ou ao menos diminuímos a desvantagem no placar. E hoje, mesmo após vários jogos, com sol forte, conseguimos virar o jogo. Estou feliz demais com essa parceria, a tendência é só melhorar, vamos nos entrosar cada vez mais, dentro e fora de quadra. E feliz também pelo Arthur subindo ao pódio, é um irmão que o vôlei me deu”, contou George.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade