Circuito Brasileiro

  • Crédito: Divulgação/CBV

    Após mais um dia intenso, chave masculina terá duelo de gigantes

Pedro Solberg/Bruno Schmidt enfrenta Evandro/Vitor pelo ouro em Campo Grande

Após intensos jogos em Campo grande, chave masculina chega nos momentos finais nesse domingo
Por: Redação - 24/11/2018 20:47:22
344 visualizações

A temporada 2018/2019 do Circuito Brasileiro de voleibol de praia tem sido marcada pelo equilíbrio no torneio masculino. Na etapa Open de Campo Grande, terceira parada do tour nacional, terá uma final e um campeão inédito. Evandro e Vitor Felipe  chegam pela primeira vez juntos em uma decisão, enfrentarão Pedro Solberg e Bruno Schmidt, única dupla a estar em duas finais até aqui.

A grande decisão será na manhã deste domingo, por volta às 11h, com transmissão ao vivo do canal SporTV 2. A disputa de bronze, entre Adrielson/Eduardo Davi e Oscar/Luciano, também transmitida na TV, começa às 10h.

Juntos desde junho de 2018, Evandro e Vitor ficaram pelas quartas de final nos dois primeiros eventos da temporada 18/19, em Palmas e Vila Velha. Neste sábado a dupla superou os jovens paranaenses Adrielson e Eduardo Davi por 2 sets a 0 (21/15 e 21/15), em 44 minutos no duelo semifinal. Ao final do jogo, Vitor comentou sobre o esforço para aguentar firme até o encerramento do último torneio do ano.

"Estou jogando desde o dia 3 de janeiro, e esta reta final de ano está bem cansativa, o desgaste, especialmente o mental, é bastante grande. Mas agradeço à nossa comissão técnica, que nos ajuda a superar isso. Sempre tentamos dar o nosso melhor em cada partida, e um título aqui nesta etapa serviria para coroar nosso trabalho, e também mostraria que eu e Evandro estamos unidos, estamos juntos em busca dos nossos objetivos", disse Vitor.

Na segunda semifinal Pedro Solberg e Bruno Schmidt derrotaram Oscar e Luciano em dois sets (21/15 e 21/16). Esta foi a sexta partida da dupla no evento, pois, com a derrota na estreia nesta sexta-feira, eles tiveram um caminho mais longo, participando da repescagem. O campeão olímpico Bruno Schmidt comentou sobre o percurso mais árduo feito na etapa.

"Jogar finais do Circuito Brasileiro Open, com a quantidade de atletas bons, vários jovens aparecendo e um nível técnico tão alto, é um prazer enorme. Tivemos uma caminhada dura nesta etapa, jogando repescagem, enfrentando no caminho times como de Ricardo/Álvaro e Guto/Saymon. Estou orgulhoso, mas acima de tudo pela parceria do Pedro. Quando o convidei para jogar, ele sabia que eu ainda estava me recuperando de lesão, sem conseguir render meu melhor. A vontade que estamos colocando nos jogos mostra que estamos no caminho certo", contou Bruno Schmidt.

Após Campo Grande (MS), outras quatro etapas da temporada 18/19 serão realizadas no próximo ano. São Luís (MA) recebe o torneio em janeiro, de 23 a 27 de janeiro. Fortaleza será palco das disputas em fevereiro, de 20 a 24 de fevereiro. Natal sediará a sexta etapa, de 20 a 24 de março, enquanto João Pessoa fecha o circuito, de 9 a 14 de abril.

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade