Circuito Brasileiro

  • Crédito: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

    Ricardo (esq) quer encerrar parceria junto de Alvinho com chave de ouro.

Ricardo/Álvaro Filho e Hevaldo/Arthur na final

A final masculina da etapa potiguar terá um tom de despedida para a dupla Ricardo/Álvaro Filho
Por: Redação e assessorias/CBV - 23/03/2019 21:30:35

A final da etapa de Natal (RN) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia 2018/2019 foi conhecida na noite deste sábado (23.03), após partidas válidas pelas quartas e semifinais e com uma arena lotada. A decisão do ouro terá Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB) contra Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) neste domingo (24.03), a partir das 10h30 (de Brasília).  A arena fica localizada no Forte dos Reis Magos e a entrada é gratuita.

O SporTV 2 transmite tudo ao vivo, inclusive a disputa de bronze entre Fernandão/Ramon (ES/RJ) e Pedro Solberg/Vitor Felipe (RJ/PB) a partir das 8h30.

Ricardo e Álvaro Filho querem encerrar a parceria com chave de ouro. Nesta semana, Álvaro anunciou que buscará uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio ao lado de Alison (ES). Amigos fora e dentro de quadra, o baiano campeão olímpico e o medalhista pan-americano estão curtindo os momentos finais e não escondem a admiração mútua.

“Eu conheço o Álvaro desde criança, praticamente. Morava em João Pessoa e ele começou a treinar lá com 14, 15 anos. São muitos anos de convívio. Dentro de quadra, nos treinos, nas horas boas e ruins, nos divertindo. Nós levamos isso para dentro de quadra, essa amizade e sentimento bom, ajuda nas horas de dificuldade. Sei que tenho alguém que gosta de mim, que quer vencer, participa do mesmo objetivo. É um prazer dividir a quadra com ele, estamos aproveitando esses momentos finais, sei que daqui a pouco acaba, mas ele continuará sendo um campeão”, declarou o detentor de três medalhas olímpicas, uma de cada cor.

A vaga na final de Ricardo/Álvaro veio após vitória por 2 sets a 0 (21/18, 21/19) sobre Pedro Solberg e Vitor Felipe (RJ/PB) na semifinal. Antes, ainda no sábado, Ricardo e Álvaro haviam superado nas quartas de final Averaldo e Bruno de Paula (TO/AM) por 2 a 0 (21/17, 21/13).

Já Hevaldo e Arthur buscam o bicampeonato em Natal (RN), já que eles venceram em 2017, quando a cidade recebeu o Open pela última vez. Na oportunidade, superaram a antiga parceria de Vitor Felipe e Guto (PB/RJ) na decisão. O cearense analisou a classificação para a final e comemorou a recepção calorosa dos torcedores potiguares.

“Estamos muito felizes com o trabalho que realizamos. O Arthur se comprometeu de ir treinar pesado em Fortaleza. Além disso, ele emagreceu, está mais forte, seco e rápido. Só tenho a agradecer Natal que já estou achando que é a minha casa. Ano passado fizemos a final e ganhamos em um jogo muito bonito contra Guto e Vítor. Estamos esperando para ver qual dupla vamos enfrentar na final e espero que seja um jogo bom e disputado para o público”.

Eles conquistaram a vaga eliminando na semifinal o time Fernandão/Ramon Gomes (ES/RJ) por 2 sets a 0 (21/13, 21/15). Nas quartas de final, Hevaldo e Arthur venceram Renato e Rafael (PB) por 2 sets a 0 (21/17, 21/18).

Os finalistas da etapa de Natal (RN) também disputam o título geral da temporada, com vantagem de Ricardo e Alvinho, que até esta etapa somam 1.280 pontos no ranking. Hevaldo e Arthur Lanci estão mais atrás, com 1.080 pontos, mas ainda possuem chances matemáticas faltando os resultados de Natal (RN) e da parada de João Pessoa (PB).

O Circuito Brasileiro 18/19 conta com sete etapas, começando em setembro de 2018 e seguindo até abril deste ano. Na primeira etapa da temporada, disputada em Palmas (TO), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) ficaram com a medalha de ouro. Já na segunda parada, disputada no mês de outubro, em Vila Velha (ES), títulos para Guto/Saymon (RJ/MS) e Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ).

Em Campo Grande (MS), em novembro do ano passado, ouro de Pedro Solberg/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Ágatha/Duda (PR/SE). Já em janeiro deste ano, na retomada do tour em São Luís (MA), títulos para Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), e em Fortaleza (CE), ouro para Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Carol Solberg/Maria Elisa (RJ).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade