Circuito Brasileiro

  • Crédito: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

    Victoria pula nos braços de Tainá após vaga na decisão.

Tainá/Victoria e Ana Patrícia/Rebecca fazem a final

Final da etapa potiguar vai repetir a da primeira etapa da temporada, em Palmas/TO
Por: Redação e assessorias/CBV - 23/03/2019 22:12:08

A final da etapa de Natal (RN) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia 18/19 foi definida na noite deste sábado (23.03) e terá Tainá/Victoria (SE/MS) enfrentando Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE). O duelo na arena montada no Forte dos Reis Magos, com entrada franca, ocorre a partir das 10h10 (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV2. Na disputa de bronze, às 9h20, Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) encara Talita/Taiana (AL/CE).

A decisão na capital potiguar será uma repetição da final da primeira etapa da temporada 18/19, disputada em setembro, em Palmas (TO). Na oportunidade, Ana Patrícia e Rebecca levaram a melhor, vencendo por 2 sets a 0.

Agora, Tainá espera que a história seja diferente. Neste sábado, elas venceram jogos pelas oitavas, quartas e semifinais, eliminando em duas oportunidades medalhistas olímpicas.

“Nunca tínhamos vencido Ágatha e Duda, foi nossa primeira vitória sobre elas e foi muito importante. Entravamos sempre um pouco tímidas, sem impor nosso ritmo contra elas, e desta vez foi diferente. Jogamos todas as partidas com um nível de concentração muito alto, praticamente ouvindo só a voz da parceira. Repetimos a concentração contra Fernanda e Bárbara, são times contra os quais você não pode cometer muitos erros. Vamos buscar manter esse mesmo nível e ir com tudo nesta decisão”, declarou Victoria.

Na semifinal, no jogo que encerrou o dia, elas superaram Fernanda Berti e Bárbara Seixas (RJ) por 2 sets a 0 (21/14, 21/15), em 37 minutos de duração. Antes, nas quartas, triunfo por 2 sets a 0 (21/17, 21/18) sobre Ágatha/Duda (PR/SE), em 37 minutos. Já nas oitavas a vitória foi sobre Aline e Juliana Simões (SC/PR), por 2 sets a 1 (21/16, 15/21, 15/11), em 46 minutos.

Ana e Rebecca chegam embaladas para a decisão. No sábado passado (16.03), foram campeãs dos Jogos Sul-Americanos de Praia 2019. Além disso, disputam em Natal (RN) a terceira final em seis etapas disputadas, tendo vencido já em Palmas (TO) e São Luís (MA). Ana Patrícia comentou a boa fase da dupla e destacou o alto nível dos times brasileiros.

“Na etapa passada tivemos a infelicidade da Rebeca ter contraído uma virose, mas independentemente disso demos o nosso melhor e sabíamos que não seria fácil. Viemos para essa etapa com a vontade de estar em mais uma final e isso fez a diferença. Estamos em busca de regularidade. Sabemos que o circuito é muito forte, com as melhores duplas do mundo. Estamos conseguindo ter essa constância e isso que valoriza o nosso trabalho”.

Ana e Rebecca superaram na semifinal Talita e Taiana por 2 sets a 0 (21/11, 21/9), em 31 minutos. Nas quartas de final, eliminaram Carol Horta/Ângela (CE/DF) por 2 a 0 (21/16, 21/14), e nas oitavas de final, superaram Summer Ross e Sara Hughes, dos EUA e convidadas para o evento, por 2 sets a 0 (21/16, 21/18).

O ouro também pode valer para Ana Patrícia e Rebecca a tomada da liderança do ranking geral da temporada. Se levarem a etapa potiguar, somam 400 pontos, chegam aos 1.680 pontos e podem ultrapassar Fernanda/Bárbara, que possuem 1.360 pontos. O bronze rende 320 e o quarto lugar dá 280 pontos para a dupla correspondente.

O Circuito Brasileiro 18/19 conta com sete etapas, começando em setembro de 2018 e seguindo até abril deste ano. Na primeira etapa da temporada, disputada em Palmas (TO), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) ficaram com a medalha de ouro. Já na segunda parada, disputada no mês de outubro, em Vila Velha (ES), títulos para Guto/Saymon (RJ/MS) e Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ).

Em Campo Grande (MS), em novembro do ano passado, ouro de Pedro Solberg/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Ágatha/Duda (PR/SE). Já em janeiro deste ano, na retomada do tour em São Luís (MA), títulos para Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), e em Fortaleza (CE), ouro para Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Carol Solberg/Maria Elisa (RJ).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade