Circuito Mundial

  • Crédito: FIVB.

    André e Evandro voltam ao local da conquista da medalha de ouro do Campeonato Mundial.

Em lados opostos, Evandro e André retornam à Viena

Com parceiros diferentes, brasileiros retornam ao palco da conquista do Campeonato Mundial
Por: Redação - 30/07/2018 13:18:47

Um pouco mais de um ano depois de conquistar a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Viena, Evandro e André retornaram à capital da Áustria, mas em lados opostos. A partir desta quarta-feira, os brasileiros iniciam com parceiros diferentes a campanha na etapa cinco estrelas do Circuito Mundial. Evandro com Vitor Felipe e André ao lado de Alison.

Quando Evandro e André venceram o Campeonato Mundial de 2017 em Viena, foi difícil não prever os brasileiros dominando o cenário internacional por um tempo. Afinal, ambos são jovens e tinham potencial para isso.

Seus resultados continuaram chegando nos meses seguintes, incluindo a medalha de prata no WT Finals de Hamburgo e o título do Circuito Mundial e Brasileiro. Mas as coisas mudam rapidamente no vôlei de praia e, um ano depois de sua conquista histórica em Viena, Evandro e André estão prontos para voltar ao torneio na Ilha do Danúbio para competir no Major de Viena.

A união terminou em maio, quando André decidiu se juntar ao campeão olímpico Alison Cerutti e Evandro escolheu Vitor Felipe para ser seu próximo companheiro de equipe.

"Eu certamente não esperava voltar a Viena um ano depois com um parceiro diferente e acho que André também não", admite Evandro, em entrevista ao site Beach Major Series. “Nosso ciclo juntos foi muito positivo e conseguimos muito. Sou grato pelo tempo que tivemos como parceiros, mas agora estamos focados em nossas novas equipes e tentando fazer elas funcionarem”, afirma.

No entanto, como os dois retornam à Viena para perseguir seus objetivos particulares, é impossível evitar as lembranças da campanha do ano passado na capital austríaca. Sua dura vitória sobre os donos casa Clemens Doppler e Alexander Horst na disputa pela medalha de ouro em uma quadra central é certamente uma das que ainda estão muito vivas em suas mentes.

“Tenho um punhado de ótimas lembranças, mas um momento que sempre me vem à mente é a sequência no saque no final do primeiro set”, exalta Evandro. “Eu marquei três pontos seguidos para ganhar o set para nós e isso mudou o jogo. Estar em uma final e contra a equipe da casa, isso é certamente uma lembrança que eu carregarei para o resto da minha vida”, confessa.

O ano passado em Viena também foi muito significativo para André, que aos 22 anos tornou-se o jogador mais jovem a conquistar o Campeonato Mundial. O capixaba está ansioso para se reunir novamente com os fãs austríacos, mas sabe que uma nova batalha vai começar quando pisar na ilha do Danúbio.

"Sempre que você ganha um torneio, você constrói essas grandes memórias e essa foi de longe a minha maior vitória, então Viena é muito especial para mim", começa André. "Estou muito animado para voltar lá, a energia é apenas diferente. Não posso esquecer a quadra lotada na final e tenho certeza de que os fãs voltarão neste ano e o evento será incrível novamente. Mas sei que, apesar de ter vencido o ano passado, vou ter que ganhar tudo de novo”, diz.

Para Evandro, atleta olímpico da Rio 2016, o Campeonato Mundial de 2017 ocupa um honroso segundo lugar em sua lista de conquistas na carreira.

"É difícil competir com a sensação que tive quando joguei as Olimpíadas na minha cidade natal, na frente da minha família e dos meus amigos", explica. “Mas eu coloquei Viena lá em cima. Foi uma semana fantástica e não posso esperar para voltar neste ano. Eu estou realmente ansioso para jogar lá novamente”, revela.

O bloqueador de 2,10m de altura e seu parceiro Vitor chegam à capital austríaca tentando se recuperar da eliminação na fase de grupos do Major Gstaad. A breve união, no entanto, teve mais altos que baixos, já que a equipe conquistou a medalha de prata na etapa quatro estrelas de Varsóvia, terminou em quarto lugar em Espinho e em quinto em Ostrava.

"Tivemos bons resultados até agora, exceto em Gstaad", acrescenta Evandro. “Vitor estava doente e ele não podia jogar bem, mas isso não é desculpa, nós deveríamos ter feito melhor. Mas, no geral, estamos indo bem e os resultados mostram que estamos indo na direção certa. Com a incrível equipe de coaching que temos, tenho certeza de que continuaremos progredindo e atingiremos nossas metas”, finaliza.

Por outro lado, a caminhada tem sido um pouco mais difícil para André e Alison. Os brasileiros disputaram os mesmos quatro eventos e o quinto lugar em Varsóvia foi o momento mais brilhante, já que foram eliminados na repescagem em Ostrava e na fase de grupos em Espinho e Gstaad.

Para André, tudo faz parte do processo. "Nós esperávamos que tivéssemos essas lutas iniciais e é uma coisa boa que estamos passando por elas e aprendendo com elas, então não há nada de errado com a gente", analisa André, que completa.

“Jogamos esses eventos apenas tendo praticado juntos por duas semanas e, claro, nossa química precisa melhorar muito. Mas, ao mesmo tempo, considerando nossa qualidade individual, sabemos que podemos ganhar qualquer torneio e estamos tentando fazer o melhor possível para obter melhores resultados. Mas precisamos ser pacientes e continuar trabalhando”, encerra.

O Major de Viena acontece entre os dias 1º e 5 de agosto.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

13 Comentários

  1. JarredDiz:

    I've got a part-time job http://tubegalore.in.net/ tubes galore Google, Microsoft, Yahoo, LinkedIn, and Facebook, as well as a number of others, want to be able to publish more detailed data than is currently given by the US agencies in order to be more transparent.

  2. JarredDiz:

    Will I be paid weekly or monthly? http://alohatube.in.net/ aloha porn The Daily News has some of the most memorable photos in sports history. From legendary boxers and iconic tennis players to golfing greats and fabled Olympians, the Daily News has the photos you want of the once-in-a-lifetime sports moments. Find yours today and relive history.

  3. JarredDiz:

    I'd like to send this to http://4tube.in.net/ 4 porn For Canada, the deal will make it the only G8 country - and one of the only developed nations anywhere - to have preferential access to the world's two largest markets, the EU and the United States, home to a total of 800 million people.

  4. JarredDiz:

    I'd like to tell you about a change of address http://4tube.in.net/ 4 tube.com This is the first case Iâ??ve ever heard of where vultures are not only demanding special treatment, but theyâ??re even trying to bully the courts to stop payments to the 93% of bondholders who DID accept the 2005 and 2010 swaps.

  5. JarredDiz:

    I don't know what I want to do after university http://tnaflix.in.net/ tanflix The answer, it turns out, is yes, though training a hawk to take food from your glove while in flight involves considerable patience and dedication – about 18 months, in Freddy’s case.

  6. DallasDiz:

    Remove card http://streamate.in.net/ streamates Winfrey also recounted a recent racist experience she endured while visiting Switzerland for Tina Turner's wedding. A shop worker who didn't recognize Winfrey refused to allow her to see an expensive bag on display because she assumed it was beyond the customer's means. Oprah said she left without making a scene, rather than give the clerk a commission.

  7. DallasDiz:

    Could you give me some smaller notes? http://4tube.in.net/ 4 porn The payout will come from a $20 million fund, established by consent of all parties, devised in hope that not too many people would join the class action and therefore the payout would be something reasonable. The problem was that even a modest payout, when calculated on a per person basis, could - given the number of people potentially affected - have reached the billions of dollars range, well beyond the means of any company to cover. "This raises the spectre of whether some class actions are simply too big to settle, notwithstanding the strong policy favoring settlements," Seeborg said.

  8. DallasDiz:

    I don't like pubs http://xnxx.in.net/ xnxx tube The bright spot for Australia is that while volumes are downacross the board globally, it sold 14 million more litres in the$7.50 to $9.99 segment and 16 million more litres in the over$10 segment last year.

  9. DallasDiz:

  10. DallasDiz:

    We were at school together http://streamate.in.net/ streamate login Two days later, the rescue group's co-founder, Eldad Hagar, managed to trap her in a fenced off part of a parking lot. At first, Sonya panics, then hides under a vehicle. Then she succumbs to some affection, allows a lead to be put around her neck and then gets into a car.

  11. DallasDiz:

    I'd like to open a business account http://hqporner.in.net/ hqporner com "Despite the widespread belief that the administration was not ready for the health law's October 1 launch, top officials and lead IT contractors looked us in the eye and assured us all systems were a go," said committee chairman Fred Upton, a Republican from Michigan. "The American people deserve to know what caused this mess."

  12. HarlandDiz:

    I never went to university http://porntube.in.net/ porntube Coming off setting a dubious team record with 20 penalties in the Jets’ 27-20 victory over Buffalo on Sunday, Ryan says the push-ups are one way to make players accountable for mistakes. He tried the same thing in 2010 when penalties were a problem, and the team improved.

  13. HarlandDiz:

    Please call back later http://porntube.in.net/ www.porntube.com Apple has a history of remaining liquid by investing in safebut low-yielding U.S. Treasury and agency debt. The companyshies away from big acquisitions and repeatedly preaches acapital preservation mantra to investors.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

Publicidade
Publicidade
Publicidade