Circuito Mundial

  • Crédito: Farnoosh Moradmand/Federação Iraniana

    João Luciano Kioday com o presidente da Federação Iraniana de Voleibol.

João Luciano Kioday é o novo técnico do Irã

Técnico estará à frente das duplas iranianas no Open de Kish Island, em fevereiro
Por: Redação - 27/01/2016 15:32:01
761 visualizações

Seguindo caminho de sucesso de treinadores brasileiros que brilham no cenário internacional, João Luciano Kioday é o novo técnico do Irã. A missão do treinador paraibano será conduzir a seleção iraniana ao longo da disputa do Open de Kish Island, que acontece de 15 a 19 de fevereiro. Será a primeira vez que o país localizado na Ásia Ocidental recebe uma etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. “Temos uma competição muito importante pela frente. Espero ter um bom início de trabalho com o Irã”, afirmou o treinador.

O Open de Kish Island está sendo considerado um marco esportivo para o país, que historicamente convive com governos autoritários e ditatoriais. Apesar de a região do Golfo Pérsico já ter recebido competições de vôlei de praia, como a Asian-Pacific Beach Volleyball Tour, será a primeira vez que o Circuito Mundial desembarca por lá. Por isso, todos os esforços são para o evento ser um sucesso. “Todos os jogadores, treinadores, dirigentes e a federação em sai estão trabalhando juntos. Se mantivermos os planos bem organizados, certamente o início será positivo”, destacou Kioday, que em 2015 esteve à frente de um projeto com a seleção do Azerbaijão.

Como o torneio, que contará somente com a participação de duplas masculinas, terá início em 20 dias, o treinador terá pouco tempo de preparação junto aos oito times iranianos confirmados na disputa – entre eles Bahman Salemi/Rahman Raoufi, que na temporada 2016 disputou o Open de Doha, no Catar.

De acordo com João Luciano Kioday, todo o respaldo está sendo dado para que o planejamento de elevar o nível da modalidade no Irã tenha êxito. “Queremos ser uma das melhores equipes de vôlei de praia, e para conseguirmos precisamos planejar uma rota e segui-la”, completou.

O paraibano, que reside no Rio de Janeiro, é mais um brasileiro que obtém destaque na área técnica internacional. Carlos Galleti, o Alemão, comanda as duplas da Turquia no Circuito Mundial. O pernambucano Eduardo Garrido defende as cores do Chile em busca de vaga aos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Na Itália, dois treinadores encabeçam o projeto olímpico do país: Lissandro Carvalho, treinador do time Menegatti/Orsi Toth, e Paulão, técnico das equipes masculinas do país da bota. Já o carioca Márcio Sicoli, também conhecido como Marcinho, é o responsável pelos treinamentos da tricampeã olímpica Kerri Walsh Jennings e sua parceria, April Ross.



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade