Circuito Mundial

  • Crédito: CBV

    Larissa e Talita somam 5.840 pontos contra 6.350 de Ágatha/Bárbara Seixas.

Larissa e Talita buscam topo do ranking

Dupla inicia disputa contra Ágatha/Bárbara para ver quem chega melhor nas Olimpíadas
Por: Redação - 23/02/2016 13:35:06

Larissa e Talita já estão classificadas para as Olimpíadas de 2016, e estão na disputa pelo título do Circuito Brasileiro. Mesmo assim, estreiam esta semana na temporada do Circuito Mundial, no Open de Maceió-AL, com foco totalmente voltado para a competição. O motivo: como o ranking define a posição no chaveamento olímpico, é através dos torneios internacionais que a dupla espera melhorar a colocação para conseguir um bom posicionamento nos cruzamentos da Rio 2016.

Atualmente, Larissa e Talita ocupam a segunda posição do ranking olímpico (5.840 pontos), atrás da outra dupla brasileira – Ágatha/Bárbara Seixas. Pelo sistema da Federação Internacional de Voleibol (IVB) valem os 12 melhores resultados em pontos de cada dupla, número ainda não atingindo por nenhum dos times brasileiros. As atuais líderes do ranking somam 6.350 pontos e estão contando 11 torneios, enquanto Larissa e Talita somam apenas 9 participações.

Talita lembra que, além de buscar o primeiro lugar no ranking, é importante se manter bem nas próximas competições para não perder o segundo lugar e o ritmo de jogo. “Ter o objetivo de melhorar o ranking olímpico é bom, mas o mais importante é manter nosso ritmo de jogo. Aproveitarmos essas etapas do Mundial para ajustar nosso time em partidas contra as adversárias que enfrentaremos nas Olimpíadas. Todos os times querem melhorar seu ranking, e isso certamente irá elevar ainda mais o nível do Circuito Mundial nessa temporada”, prevê.

A chave principal da primeira etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia começa nessa quarta-feira, na Praia da Pajuçara. O torneio vai até domingo e Larissa espera conclui-lo bem próximo do topo do ranking. “Claro que se pudermos alcançar o primeiro lugar do ranking, melhor. Isso garante ser cabeça de chave número 1 no torneio olímpico. Mas essa será uma briga boa, já que a Ágatha e a Bárbara também têm esse objetivo. Melhor para o Brasil, que tem as duas duplas buscando resultados bons e, quem sabe, assegurar assim que o país tenha os dois primeiros lugares no chaveamento”, comentou.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade