Circuito Mundial

  • Crédito: Denis Ferreira Netto/CBV

    Conquista em Porec é a segunda de Larissa e Talita no Circuito Mundial 2015

Larissa e Talita vencem Major Series de Porec

Conquista nas areias da Croácia foi obtida de maneira invicta
Por: João Teixeira - 06/06/2015 20:02:15
709 visualizações

O Brasil segue dominando as areias mundo afora pelo Circuito Mundial 2015. Após uma campanha irretocável, Larissa e Talita venceram Heather Bansley e Sarah Pavan por 2 sets a 1 (21/16, 25/27 e 15x12) e conquistaram o título do Major Series de Porec, na Croácia - para delírio dos torcedores croatas, que se renderam ao talento verde amarelo e aplaudiu as atletas em pé na arena central. É o segundo título consecutivo das atuais campeãs brasileiras, que semana passada haviam faturado o Grand Slam de Moscou, na Rússia. Com o resultado, as atletas somam mais 800 pontos no ranking do circuito, e lideram com folga a corrida olímpica por uma vaga aos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Além disso, o time recebe uma premiação de U$ 57.000.

Nenhum outro confronto feminino nesta reta inicial do Circuito Mundial 2015 tem sido tão acirrado como Larissa e Talita contra Heather Bansley e Sarah Pavan. Em pouco mais de 10 dias, as duplas estiveram frente a frente três vezes. No primeiro encontro, pela fase de grupos do Grand Slam de Moscou, deu Canadá. Já pelo Major Series de Porec, os times se enfrentaram no Grupo A, e o Brasil deu o troco. O tira-teima aconteceria justamente na decisão do campeonato na Croácia.

O primeiro ponto da partida foi brasileiro, com boa cortada de Talita. O set inicial de desenvolveu em equilíbrio, com ambos os times confirmando seus serviços. Desta maneira, o placar marcava 5/5, 10/10, e assim sucessivamente. Quando o placar acusava 11/11, Talita fez ótima leitura do jogo e quebrou o serviço adversário. No lance seguinte, o Brasil ampliaria a vantagem para 13/11. Seria o momento de a parceria deslanchar na etapa inicial. Com vantagem de quatro pontos, as brasileiras emplacaram dois bloqueios consecutivos para abrir 19/13. Talita, que havia sido o nome do jogo na semifinal, estava impossível, e fechou o set em 21/16.

No segundo set, a rivalidade entre as duplas aumentaria ainda mais, com intensas trocas de bola e vibrações com a mesma energia. Com um cardápio diferenciado de jogadas, Larissa e Talita abriram 11/8, e 15/10 na sequência. A parceria se aproximou do 2º título consecutivo em duas semanas após conseguir dois match points, com 20/18, mas ambos foram salvos pelo Canadá – assim como o terceiro e o quarto, com Bansley crescendo de produção. O time adversário conquistaria quatro set points nos lances seguintes, e de tanto pressionar conseguiu forçar o set desempate, com 27/25.

Empolgado com a vitória no set anterior, o Canadá voltou melhor no tie-break, e em um ace de Bansley liderou o placar em 3/2. Focadas na vitória, Larissa e Talita não se intimidaram, e viraram o jogo para 6/5, após largada de Larissa no fundo da quadra. Com o side out em dia, as brasileiras seguiram na ponta, com 10/8. Com o jogo encaixado, nem mesmo a gigante Sarah Pavan, de 1,96m, conseguiria parar o Brasil. Larissa subiu ao ataque para ampliar a vantagem em 12/9. No lance seguinte, Talita, no bloqueio ampliou a vantagem. Em um erro não forçado, Larissa e Talita conquistaram três match points, e fecharam o set em 15x12 em bloqueio de Talita – o nome do dia nas areias de Porec.

“Desde que a gente formou a parceria as pessoas perguntavam se formaríamos um bom time. A gente sabia que tinha condições de fazer um bom time, mas trabalhamos muito a parte física, psicológica, como seríamos aceitas. Nós fomos adversárias por muito tempo, vi a Larissa do outro lado da quadra por 10 anos, então isso tudo foi um desafio. E em jogos como esse vemos que estamos no caminho certo, e que o time está crescendo e conquistando seu espaço”, comemorou Talita.

“Foi um dia espetacular para a dupla, de muita superação. Queria dedicar esse torneio à Talita, ela se dedicou muito para essa conquista. Não foi fácil, um jogo muito complicado, mas conseguimos nos superar. Estou muito feliz não somente pela vitória, mas também pelo degrau que subimos como time, como parceiras. Isso é muito importante para nosso objetivo final, que é jogar uma Olimpíada em casa. Então é aproveitar muito, pois não é todo dia que conquistamos dois torneios tão importantes em sequência, mas amanhã o pensamento já está na Noruega”, completou Larissa.



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade