Circuito Mundial

  • Crédito: FIVB

    Atleta pode conquistar a marca histórica no dia 29 de maio, dia da final do torneio.

Pode entrar para a história

Brasileira tem a chance de assinar um importante feito no esporte
Por: Redação - 25/05/2016 07:29:31
588 visualizações

Os melhores jogadores do volei de praia estão competindo no Grand Slam de Moscou, na Rússia. Dentre as 64 equipes participantes, nos dois gêneros, uma atleta em especial pode marcar o nome na história.

Eduarda Lisboa, ou melhor, Duda, pode ser a primeira atleta a ganhar medalha de ouro em três diferentes níveis de competição com a chancela da FIVB, a Federação Internacional de Voleibol, em uma mesma temporada. A jogadora já venceu, somente neste ano, duas etapas do Open, a de Maceió e a de Fortaleza, e ainda foi campeã Mundial Sub-21, na Suíça, com Ana Patrícia.

“Sim, isso seria ótimo.”, respondeu a atleta de 17 anos, quando perguntada sobre o possível feito. Duda está no torneio ao lado da parceira Elize Maia, “Vai ser bem difícil até porque todos os grandes times do mundo estão aqui nesta semana. Não que eu desmereça os competidores dos outros torneios que ganhei, mas estes daqui são diferentes. Eu sinto que estou jogando bem e a transição entre jogar com a Elize e a Ana Patricia não é difícil.”, finalizou Duda.

Elize Maia/Duda não terá tarefa fácil. A dupla está no grupo H, considerado o grupo da morte,  ao lado de Walsh/Ross, dos EUA, Motrich/Makroguzova, da Rússia e Forrer/Vergé-Dépré, da Suíça.



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade