Circuito Mundial

  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Tina Graudina e Anastasija Kravcenoka buscam vaga inédita para a Letônia nos Jogos de Tóquio 2020.

Depois da Europa, letãs miram o mundo

Campeãs européias, Graudina e Kravcenoka buscam primeira medalha no Circuito Mundial
Por: Redação - 21/08/2019 13:56:48

Pouco conhecidas no cenário do vôlei de praia mundial, Tina Graudina e Anastasija Kravcenoka, da Letônia, fizeram história com a conquista do campeonato europeu feminino, duas semanas atrás em Moscou, na Rússia. Depois do feito improvável - elas eram a 20ª dupla no ranking da competição e tiveram pela frente atletas consagradas na modalidade - as letãs voltam à realidade do Circuito Mundial, onde buscam sua primeira medalha.

“Nós sabíamos que poderíamos vencer todos os times no Europeu, mas ao mesmo tínhamos consistência que poderíamos perder para qualquer um deles também. Mas após cada partida, começamos a ter mais e mais confiança de que poderíamos ganhar uma medalha no final. Esperamos que este seja apenas nosso primeiro passo”, refletiu Kravcenoka.

De fato, em se tratando do Circuito Mundial, os resultados da jovem dupla letã - Graudina tem 21 anos, um ano a menos que Kravcenoka - ainda não garantiriam medalhas. Na atual temporada, elas disputaram 13 torneios chancelados pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) e chegaram ao quinto lugar no torneio quatro estrelas de Yangzhou, na China, além da nona colocação no Campeonato Mundial de Hamburgo - mesma colocação que as brasileiras Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca, que lideram a corrida olímpica brasileira - e no torneio cinco estrelas de Gstaad, na Suíça.

"Sentimos que ainda precisamos melhorar nosso jogo, especialmente contra adversários não-europeus, para obter nossa primeira medalha no Circuito Mundial”, completou Anastasija Kravcenoka.

Embora a primeira medalha no tour mundial ainda não tenha vindo, os resultados na temporada 2019 do Circuito Mundial as colocam na 22ª colocação no ranking mundial. Outro fato a se destacar é que se o período de qualificação aos Jogos Olímpicos terminassem hoje Tina Graudina e Anastasija Kravcenoka estariam classificadas à Tóquio 2020 - até hoje, nenhuma dupla feminina da Letônia disputou as Olimpíadas.

 

 


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade