Campeonato Mundial

  • Crédito: Denis Ferreira Netto/CBV

    Em Apeldoorn, Ágatha e Bárbara venceram Jennifer Kessy e Emily Day, dos EUA.

Classificadas à segunda fase

Quatro duplas femininas que representam o Brasil seguem vivas no Mundial da Holanda
Por: Redação - 29/06/2015 22:01:26

O Brasil segue com força máxima no torneio feminino do Campeonato Mundial 2015, realizado na Holanda. Na tarde desta segunda-feira (29.06) três duplas se garantiram na próxima fase da competição. Ágatha e Bárbara Seixas venceram as norte-americanas Jennifer Kessy e Emily Day por 2 sets a 0 (22/20 e 21/10) e terminaram a fase de grupos na primeira colocação do grupo F. Quem também conquistou grande resultado no quarto dia de disputa do Mundial foi a dupla Taiana e Fernanda Berti, que superou Isabelle Forrer e Anouk Vergé-Depré, da Suíça, por 2 sets a 0 (21/19 e 27/25) - amanhã as atletas entram novamente em quadra em Haia, às 9h (horário de Brasília) contra as suíças Nadine Zumkehr e Joana Heidrich, em partida que encerra o grupo I e vale o primeiro lugar na chave.
 
Em Amsterdã, Juliana e Maria Elisa foram surpreendidas por Chantal Laboureur e Julia Sude, da Alemanha, e perderam, de virada, por 2 sets a 1 (17.21, 21/19 e 15/13). Apesar do tropeço, as atuais campeãs do Circuito Mundial avançaram para a próxima fase com a segunda melhor campanha do grupo G.
 
Completando o grupo das duplas femininas que representam o país na sequência do campeonato, as já classificadas Larissa e Talita encerram a primeira fase do grupo B às 8h no horário de Brasília, em Amsterdam, diante de Tanja Goricanec e Tanja Huberli, da Suíça.
 
Na decisão do primeiro lugar do grupo F, Ágatha e Bárbara Seixas mostraram para as norte-americanas Jennifer Kessy e Emily Day porque são um dos melhores times brasileiros da atualidade. O primeiro set foi marcado pelo equilíbrio, mas com a parceria se mantendo na frente do marcador. Em belo lance de Bárbara Seixas, o time fechou a etapa em 22/20.
 
No segundo set, Ágatha e Bárbara Seixas dominaram as adversárias - que até então vinham invictas na competição. Com um voleibol afiado, a dupla abriu larga vantagem, com 17/6, liquidando o set em 21/10 e o jogo em 2x0.
 
“Elas começaram o jogo imprimindo um ritmo forte, tive alguma dificuldade nas viradas de bola, mas a Ágatha me passou muita tranquilidade e com saques excelentes fez com que eu entrasse no jogo. Isso minou a confiança adversária ao longo do jogo e fez com que crescêssemos na partida. Ainda é o começo da competição, mas estamos muito otimistas e focadas nos nossos objetivos”, analisou Bárbara Seixas.
 
Na cidade-sede de Haia, Taiana e Fernanda Berti travaram um duelo intenso contra as suíças Isabelle Forrer e Anouk Vergé-Depré, pela segunda partida do grupo I. No início do jogo o bloqueio de Fernanda Berti encaixou e a parceria abriu 7/4. Também com o fundamento da carioca de 1,89m,  o time seguiu em vantagem na sequência do primeiro set, fechado em 21/19. Na etapa final as duplas se alternaram na liderança do placar, sem que nenhum time abrisse vantagem maior que dois pontos. Experiente, a equipe suíça teve a chance de fechar o set e levar a decisão para o tie-break, mas as brasileiras, com defesa sólida, salvaram o set point adversário e tiveram paciência para encaminhar a vitória. Em mais um bloqueio de Fê Berti, que completou 30 anos hoje, a dupla fechou o set em 27/25 e o jogo em 2x0.”Essa vitória foi um presente de aniversário maravilhoso. Só tenho a agradecer aos amigos e familiares, que mandaram muita energia ao longo do dia”, comemorou Fernanda Berti.
 
“A gente jogou super bem, a Fernanda bloqueou demais e me ajudou muito no fundo da quadra. Esse é o nosso time, essa é a nossa cara, e estamos evoluindo a cada jogo”, completou Taiana.

Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade