Campeonato Mundial

  • Crédito: Divulgação/FIVB.

    Lauren Fendrick e April Ross estão na final do Campeonato Mundial.

Fendrick/Ross na decisão em Viena

Dupla norte-americana consegue fugir dos bloqueios de Sarah Pavan e avançam à final do torneio
Por: Redação - 04/08/2017 14:54:25

Pelo histórico na temporada, Sarah Pavan e Melissa Humana-Paredes eram as favoritas ao título do Campeonato Mundial de Viena, na Áustria. Entretanto, nesta sexta-feira, Lauren Fendrick e April Ross mostraram a experiência do tradicional voleibol norte-americano, aplicaram a virada e venceram a semifinal, por 2 sets a 1 (19/21, 21/16 e 15/)11, em 58min.

Dupla formada no meio da temporada, Fendrick/Ross avançam à final da competição mundial e vai tentar impedir a tríplice coroa das alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst, que venceram as brasileiras Larissa e Talita. O clássico entre EUA e Alemanha acontece neste sábado, às 9h30 (horário de Brasília).

Derrotadas, Sarah Pavan e Melissa Humana-Paredes encaram Larissa/Talita na disputa pela medalha de bronze, às 8h15.

Virada norte-americana

A dupla canadense começou a partida semifinal com muita intensidade. A gigante Sarah Pavan aplicou três bloqueios seguidos e abriu grande vantagem no primeiro set. Além disso, Melissa Humana-Paredes estava eficiente na cobertura defensiva e nos contra-ataques.

Do outro lado da rede, Lauren Fendrick e April Ross apostaram no saque e anotaram quatro aces. No momento decisivo, Sarah Pavan fez mais um ponto de bloqueio para garantir a vitória no primeiro set, 21/19.

No início do segundo set, as norte-americanas mudaram a estratégia, forçaram o saque e tiraram o bloqueio de Sarah Pavan da disputa. Com isso, Fendrick e Ross abriram uma vantagem considerável, 9/6. Sarah Pavan e Humana-Paredes tiveram dificuldades, e a dupla norte-americana aproveitou os contra-ataques para levar o duelo para o tie-break, 21/16.

Lauren Fendrick e April Ross continuaram com a intensidade da parcial anterior e aproveitaram os contra-ataques para abrir uma vantagem no tie-break, 6/4. As canadenses não conseguiram impôr o ritmo mostrado em toda a competição, e as norte-americanas aplicaram a virada, 15/11.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade