Campeonato Mundial

  • Crédito: Divulgação/FIVB.

    Evandro e André são os novos campeões mundiais de vôlei de praia.
  • Crédito: Joerg Mitter/ Swatch Beach Volleyball Major Series/ Red Bull Content Pool

    O belo troféu do Campeonato Mundial vai permanecer no Brasil por mais 2 anos.

Conquista dourada de Evandro e André

Brasileiros calam os torcedores austríacos, batem Doppler/Horst e são os novos campeões mundiais
Por: Redação - 06/08/2017 11:12:00
1.339 visualizações

Evandro e André não sentiram a pressão do torcedor austríaco e conquistaram a medalha de ouro do Campeonato Mundial de Viena. Neste domingo, na lotada quadra central, a dupla brasileira foi eficiente nos saques, com sete aces, e venceram Clemens Doppler e Alexander Horst, por 2 sets a 0 (23/21 e 22/20), em 1h.

Mais experiente da dupla, Evandro faturou a segunda medalha de Campeonato Mundial. Em 2015, ao lado de Pedro Solberg, o brasileiro ficou com o bronze. Com 22 anos, André debutou na competição e subiu ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez. É a sétima medalha de ouro do Brasil no torneio masculino, a 15ª no total.

O começo da grande final apresentou as duplas com excelente desempenho no saque. No início do primeiro set, Evandro conseguiu dois aces e colocou a equipe brasileira em vantagem. Por outro lado Alexander Horst também aplicou dois pontos de saque para equilibrar a disputa na quadra central.

Na metade da parcial, André foi decisivo com dois bloqueios seguidos e o time do Brasil deu uma calada no torcedor austríaco, 13/10. Mas, Clemens Doppler e Alexander Horst não sentiram a pressão, aproveitaram os contra-ataques e conseguiram a virada. A dupla da Áustria chegou ao set point, mas Evandro anotou três aces seguidos e o jogo voltou a ficar igualado. Embalados, a dupla brasileira passou à frente no placar no momento decisivo e venceu o agitado primeiro set, 23/21.

O segundo set seguiu com o equilíbrio. Evandro/André e Doppler/Horst trocaram pontos na quadra central. O roteiro seguiu até o momento decisivo da partida, quando a dupla brasileira foi mais eficiente nos contra-ataques e garantiu a medalha de ouro em Viena, 22/20.

Russos com bronze

Na partida antecedeu a grande final, Nikita Liamin e Viacheslav Krasilnikov confirmaram o favoritismo diante de Maarten van Gaarden e Christiaan Varenhorst , da Holanda, e venceram a disputa pela medalha de bronze, por 2 sets a 0, com duplo 21/17, em 45min.

A vitória foi histórica para o Campeonato Mundial, já que é a segunda vez que uma dupla russa sobe ao pódio da competição. Além disso, os russos continuam na liderança do ranking do Circuito Mundial, agora com 4.180 pontos.



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade