Olimpíadas

  • Crédito: Denis Ferreira Netto/CBV

    Reis Castro e Francisco Oliveira: planejando o ano olímpico de Larissa e Talita.
  • Crédito: Denis Ferreira Netto/CBV

    Comissão técnica com Larrisa: objetivo é manter dupla no topo do ranking.

Larissa e Talita vão dispensar vila olímpica

Técnico e preparador físico querem concentração máxima da dupla durante a Rio 2016
Por: Altair Santos e João Teixeira - 07/12/2015 11:58:51

A dupla Larissa e Talita, que junto com Ágatha e Bárbara Seixas irá representar o Brasil no torneio de vôlei de praia feminino nas Olimpíadas Rio 2016, não ficará na vila olímpica. A informação foi dada pelo técnico e preparador físico das jogadoras, Reis Castro e Francisco Oliveira. “Não tem necessidade de estar na vila olímpica. Acaba desfocando o atleta e, quer queira quer não, atrapalha. Ficaremos em um hotel ou no Forte da Urca, que será disponibilizado para a concentração de atletas. A vila olímpica fica com o glamour dela para lá e nós vamos focar no nosso esporte, jogo após jogo”, revelou Reis.

Com o calendário espremido, a comissão técnica de Larissa e Talita estuda abdicar de algumas competições para que a dupla chegue forte nas Olimpíadas. “O planejamento não muda muito, pois sempre trabalhamos para que o ápice das atletas ocorra em julho e agosto, que é quando ocorrerão os Jogos Olímpicos em 2016. Mas possivelmente vamos deixar de fora algumas etapas open do mundial, priorizando o Brasileiro e o Grand Slam que vai ocorrer no Rio”, afirmou Reis Castro, completando que tudo será feito para manter a dupla em primeiro lugar no ranking. “Temos nove etapas e três Grand Slam para pontuar. Daí, veremos se vamos jogar outras etapas para substituir algumas que não foram interessantes."

O preparador físico Francisco Oliveira assegura que tudo será feito para que a dupla chegue nas Olimpíadas como a primeira do ranking. “O ranking fecha após o Grand Slam de Hamburgo, na Alemanha (7 a 12 de junho de 2016) e, até lá, todos os esforços serão para chegar nas Olimpíadas como primeiro no ranking”, revela. Francisco também confirma que a preparação de Larissa e Talita será feita no centro de treinamento da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), que fica em Saquarema-RJ. “Todo o nosso staff já está lá e isso facilita”, diz, prevendo que a Rio 2016 verá um dos torneios olímpicos de vôlei de praia mais disputados. “Qualquer um dos cabeças-de-chave pode ir para a final”, afirma.

Segundo Reis Castro, nem a comissão técnica nem as atletas dormem sem pensar nas adversárias. “No Brasil, temos Bárbara e Ágatha. Mas também temos as duplas do Canadá, dos Estados Unidos, da China, da Austrália, da Espanha, da Itália e da Alemanha, que são muito fortes. São países que investiram muito nas três Olimpíadas passadas e agora começam a colher os frutos. O Brasil verá uma das Olimpíadas mais disputadas no vôlei de praia”, avalia.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade