+ Notícias

  • Crédito: FIVB.

    Laura Ludwig e Kira Walkenhorst encerraram a temporada com o título do WT Finals.
  • Crédito: FIVB.

    Dupla alemã conquistou a medalha de ouro do Campeonato Mundial de Viena.

Dinastia alemã

Laura Ludwig e Kira Walkenhorst colecionam medalhas douradas e conquistam a inédita tríplice coroa
Por: Redação - 11/12/2017 16:00:48
450 visualizações

Dinastia é um termo usado demasiadamente na imprensa norte-americana para evidenciar uma equipe que venceu vários títulos em sequência. Essa palavra serve no atual cenário do voleibol de praia feminino, que está vivendo um período de domínio comandado por Laura Ludwig e Kira Walkenhorst. A dupla da Alemanha é sinônimo de medalhas douradas.

Entretanto, a temporada 2017 começou cercada de dúvidas. Ludwig e Walkenhorst não conseguiram estar 100% fisicamente durante todo o ano e perderam algumas etapas importantes da FIVB. Mesmo assim, a dupla alemã mostrou nas duas principais competições de 2017 por que é considerada a melhor dupla do mundo.

Na primeira delas, no Campeonato Mundial de Viena, na Áustria, Laura Ludwig e Kira Walkenhorst foram evoluindo partida a partida e atingiram o auge na semifinal. Nessa fase da competição, a dupla bateu Larissa/Talita, campeã antecipada do Circuito Mundial, e mostrou o nível de jogo que domina o esporte a partir de 2016.

Na decisão diante das norte-americanas April Ross e Lauren Fendrick, Ludwig e Walkenhorst confirmaram o favoritismo e conquistaram a primeira medalha de ouro no Campeonato Mundial. Com isso, as alemãs são as primeiras mulheres a vencer as três principais competições em sequência (Jogos Olímpicos 2016, Circuito Mundial 2016 e Campeonato Mundial 2017) e garantiram a tríplice coroa.

Além disso, Laura Ludwig e Kira Walkenhorst fecharam a temporada 2017 com mais um título importante. Com direito a vitórias irretocáveis diantes das duplas Larissa/Talita e Ágatha/Duda, a dupla alemã garantiu a segunda medalha de ouro em sequência do World Tour Finals, competição que reúne as melhores equipes do ano.

Laura Ludwig e Kira Walkenhorst vivem um momento fantástico e formam o time a ser batido no ciclo olímpico de Tóquio 2020. Desde 2016, a dupla conquistou nove medalhas douradas, destaque para o título olímpico nas Olimpíadas do Rio 2016. Com isso, Ludwig e Walkenhorst desbancaram as tradicionais duplas brasileiras e norte-americanas e estabeleceram a dinastia alemã no vôlei de praia. Quem pode parar as alemãs?



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade