+ Notícias

  • Crédito: FIVB.

    Piotr Kantor e Bartosz Losiak comemoraram a vaga na semifinal do WT Finals de Hamburgo.

Esperança de títulos do voleibol de praia polonês

Parceiros desde 2009, Piotr Kantor e Bartosz Losiak usam como base o respeito para atingir objetivos
Por: Redação - 13/12/2017 14:08:28
418 visualizações

Piotr Kantor/Bartosz Losiak é considerada a melhor dupla da Polônia e uma das mais talentosas do Circuito Mundial da FIVB. Desde 2009, a equipe polonesa está inserida nas principais competições e obteve sucesso nos Campeonatos Mundiais de base, quando conquistou as medalhas de ouro no sub-19, sub-21 e sub-23.

O sucesso da parceria não é restrito apenas em torneios de acesso. Kantor e Losiak somam grandes resultados na carreira e conquistaram 19 medalhas nas etapas organizadas pela FIVB, destaque para o título do Major do Rio de Janeiro em 2016, quando venceram na final os brasileiros Evandro e Pedro Solberg.

Foi também nas areias carioca, precisamente em Copacabana, que os poloneses participaram pela primeira vez dos Jogos Olímpicos. Na Rio 2016, Piotr Kantor e Bartosz Losiak foram eliminados na repescagem para os italianos Paolo Nicolai e Daniele Lupo, que terminaram a competição com a medalha de prata.

Depois de oito anos de parceria, a dupla da Polônia acredita que continua com afinidade dentro de quadra, mesmo que a interação fora da caixa de areia seja mínima. "Agora somos mais velhos, temos interesses e tempos diferentes. Quando não temos treinamentos ou torneios, tentamos gastar o tempo sozinhos", afirma Kantor, em entrevista ao site Beach Major Series. "Na quadra, podemos trabalhar juntos sem problemas”, diz.

Mesmo com tanto tempo de parceria, Piotr Kantor também confirma que a personalidade semelhante mantém a equipe mais afinada ao longos dos anos. “Temos bons resultados e estamos bem em quadra", continua Piotr. "Nossas personalidades são complementares, não temos motivos para mudar nada”, ressalta.

O gigante de dois metros também traz a sua definição de dupla de sucesso. "É preciso ser uma equipe que deve respeitar um ao outro. Você nem sempre precisa ser amigo”, finaliza o jogador, que ao lado de Bartosz Losiak conquistou três medalhas de prata na última temporada (quatro estrelas de Kish Island e Rio de Janeiro e o Major de Gstaad).

Com esse desempenho em 2017, Kantor/Losiak ficou na quarta posição no ranking do Circuito Mundial e conquistou a vaga no World Tour Finals, quando também encerrou a participação na quarta colocação.



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade