+ Notícias

  • Crédito: FIVB

    George e André se despediram do Mundial após derrota para os norte-americanos.

George/André perde e se despedem do Mundial

Brasileiros foram superados por dupla dos Estados Unidos no tiebreak
Por: Redação e assessorias/CBV - 06/07/2019 12:03:19

A participação brasileira no Campeonato Mundial de vôlei de praia 2019, em Hamburgo (ALE), chegou ao fim na manhã deste sábado (06.07). A única dupla brasileira ainda na disputa, André e George (ES/PB), ficou nas quartas de final. Eles foram superados por Bourne/Crabb (EUA) por 2 sets a 1 (21/16, 15/21 e 15/17).

André defendia o título conquistado em Viena (AUT) em 2017. A competição em Hamburgo foi o primeiro Mundial adulto de George. A parceria entre o capixaba e o paraibano, que é recente, é a mais jovem entre as quatro duplas brasileira que foram ao campeonato. Ao final do jogo das quartas de final, André analisou o resultado final para o futuro do time.

"Acho que faltou um pouco de calma, mais da minha parte principalmente. Mostramos neste campeonato que temos poder de reação, mas os outros times também têm essa força, e hoje nós acabamos cedendo. Estávamos com a bola na mão para a semifinal, mas, independentemente disso, é o nosso primeiro Campeonato Mundial juntos, foi o primeiro do George no adulto, temos só três meses de parceria. Este é um torneio todos querem vencer, mas temos um foco maior, estamos no meio de uma corrida olímpica e o resultado aqui foi importante para a gente”, comentou André.

Para George a eliminação foi mais um aprendizado para a jovem dupla.

“Tínhamos dois pontos do jogo com nossa virada de bola, poderíamos ter fechado, mas eles fizeram um bom trabalho. Isso faz parte do jogo, eles formam um time de muita qualidade. Vamos continuar crescendo como um time. Cada jogo é um aprendizado para nós, ainda temos muito para nos desenvolver”, disse George.

Após a realização do Campeonato Mundial, que termina neste domingo (07.07), o Circuito segue na Europa. Na próxima semana Gstaad, na Suíça, recebe uma etapa cinco estrelas da temporada. E o Brasil terá a participação das 10 duplas (cinco em cada gênero), que disputam a Corrida Olímpica Brasileira.

Veja como está a corrida olímpica brasileira após o Campeonato Mundial 2019:

Masculino

Evandro/Bruno Schmidt – 3440 pontos

Alison/Álvaro Filho – 2580 pontos

Pedro Solberg/Vitor Felipe – 2480 pontos

André/George – 2440 pontos

Guto/Saymon – 960 pontos

Feminino

Ana Patrícia/Rebecca - 3540 pontos

Ágatha/Duda - 3380 pontos

Maria Elisa/Carol Solberg - 2560 pontos

Fernanda Berti/Bárbara Seixas - 2120 pontos

Taiana/Talita- 2080 pontos


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

1 Comentários

  1. GilvanDiz:

    Cadê a medalhista olímpica, Larissa?
    Está fazendo falta no mundial.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

Publicidade
Publicidade
Publicidade