+ Notícias

  • Crédito: CBV

    Expectativa é de casa cheia para receber os futuros campeões.

João Pessoa vai conhecer os campeões

Etapa disputada na Paraíba é a primeira do torneio Challenger
Por: Redação - 22/05/2016 01:44:31

Domingo é dia de relaxar e curtir um dos esportes mais amados do Brasil. A torcida paraibana terá este privélio. Um bom motivo para comparecer na etapa de abertura do Circuito Brasileiro Challenger é o de que três atletas da casa avançaram às semifinais do torneio e brigam por uma medalha na competição.

Destaque para George, que na última segunda-feira conquistou o título do Mundial Sub-21 e já está na briga para subir novamente ao pódio, agora no torneio nacional.

As finais, tanto no masculino quanto no feminino, ocorrem no domingo, horas após as semifinais. A arena está montada na Praia de Tambaú, em João Pessoa. As semifinais do feminino terão Ângela/Izabel (DF/PA) contra Andressa/Tainá (PB/SE) e Neide/Rebecca (AL/CE) enfrentando Rachel/Carolina Won-Held (RJ), todos às 8h30.

Já no torneio masculino as semifinais terão os seguintes confrontos: Bruno/Hevaldo (AM/CE) contra Bernardo Lima/Gilmário, e Luciano/Fernandão (ES) duelando por uma vaga com Thiago/George (SC/PB), com as partidas marcadas para 9h20.

"Vocês (torcida) foram incríveis, jogar com o apoio dos paraibanos é inspirador e faz com que não desistamos nunca. Foi um jogo difícil, contra um ótimo time, mas vamos descansar em busca do ouro. Quero agradecer meus pais, amigos, todos que estiveram torcendo", completou George, que desabou na quadra após o apito final.

Foram realizados 48 jogos, nos dois gêneros, nas quatro quadras ao longo do sábado, pela fase de grupos, repescagem e quartas de final. Além das duplas da casa, vale ressaltar também as novas formações que estrearam em João Pessoa e estão entre nas semifinais: Ângela/Izabel, Rachel/Carolina Won-Held e Bernardo Lima/Gilmário.

A comemoração de George poderá ser maior. Andressa Cavalcanti, campeã mundial Sub-19 em 2014 e namorada do paraibano, também avançou. Ela comemorou poder atuar pela primeira vez em João Pessoa em uma etapa nacional na categoria adulta. Em outras duas oportunidades o sonho acabou sendo adiado.

"É uma sensação muito boa jogar em casa, com a galera torcendo e mandando energias positivas. Fui convocada para defender a seleção em uma etapa do Sul-Americano em 2015, e neste ano, não estivemos no Superpraia. Finalmente pude realizar este sonho. Consegui corresponder, apresentamos um bom voleibol e vamos brigar pelo título. Teremos um jogo difícil, mas estamos numa crescente boa, uma parceria madura com mais de uma temporada, então vamos lutar muito.", disse Andressa.

O Challenger é composto por quatro etapas. Além de João Pessoa (PB), o torneio terá etapas em Recife (PE), Aracaju (SE) e Cabo Frio (RJ). O time vencedor de cada parada soma 400 pontos no ranking, além de receber uma premiação de R$ 14 mil. Somando os dois naipes, o torneio distribui cerca de R$ 130 mil. Ao final dos quatro paradas, as duplas masculina e feminina que somam mais pontos são eleitas as campeãs gerais da temporada.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade