+ Notícias

  • Crédito: FIVB

    Ana Patrícia e Carolina Horta entram em quadra com o título garantido.
  • Crédito: FIVB

    Bruno e Hevaldo garantem o título se terminarem na 3ª colocação.
  • Crédito: Arquivo Pessoal

    Bruno, Franco Neto e Hevaldo: adaptação de três semanas na Argentina.

Brasil busca título sul-americano

No feminino, Ana Patrícia/Carol Horta já é campeã; Bruno/Hevaldo está perto da conquista
Por: Redação - 02/06/2016 17:42:05

O Circuito Sul-Americano 2015/2016 termina neste final de semana, com os torneios masculino e feminino. Eles acontecem em países diferentes. Os homens duelam na Argentina e as mulheres na Bolívia. O Brasil está representado pelas duplas Bruno/Hevaldo e Ana Patrícia/Carol Horta. As partidas começam nesta sexta-feira e vão até domingo.

Na Argentina, a dupla masculina terá uma disputa acirrada pelo título. O Brasil lidera o ranking com 1.340 pontos - 80 acima da Argentina, que tem 1.260, e 100 a mais que os venezuelanos. Para serem campeões, Bruno e Hevaldo precisam pelo menos de uma terceira colocação. A dupla está concentrada para a disputa e passou três semanas treinando em João Pessoa-PB, antes de viajar para Buenos Aires.

Bruno e Hevaldo, que jogam juntos há três anos, foram escolhidos pela CBV por que venceram os dois que disputaram na fase classificatória. A confederação alternou as duplas a cada duas rodadas do sul-americano. “Das oito seleções que estarão no torneio, conhecemos bem a Argentina, a Colômbia e o Equador. Treinamos forte e vamos buscar esse título”, disse Hevaldo.

No torneio, os brasileiros vão enfrentar as seguintes duplas: Azaad/Bianchi (Argentina), Salinas/Tobar (Chile), Manjares/Murray (Colômbia), Jaramillo/Quiñones (Equador), Goyo/Roger (Paraguai), Varela/Pablo (Uruguai) e Peter/Tigrito (Venezuela). “A escolha da dupla Bruno e Hevaldo para representar o Brasil foi um reconhecimento pela ótima temporada que eles realizam”, disse Franco Neto, gerente de seleções de praia da CBV.

A fase de grupos começa nesta sexta-feira, classificando os dois melhores times de cada grupo para a fase eliminatória. No dia seguinte serão disputadas as semifinais. No domingo, as partidas valendo medalhas de ouro e bronze. A premiação é de dois mil dólares para os campeões, 1,5 mil dólares para os segundos colocados e mil dólares para os terceiros, além de 500 dólares para os quarto colocados.

Feminino já é campeão

O torneio feminino, que conta com as mesmas regras e premiações do masculino, será composto pelas seguintes duplas, além da brasileira: Benet/Zonta (Argentina), Fer/Mela (Bolívia), Mardones/Badal (Chile), Andrea/Gorda (Colômbia), Michelle/Filippo (Paraguai), Gomez/Cammarano (Uruguai) e Pazo/Agudo (Venezuela).

A disputa ocorre em Cochabamba, na Bolívia. Apenas a participação de Ana Patrícia e Carol Horta bastará para o país garantir o título da temporada. O Brasil possui 1.400 pontos nas demais etapas já disputadas, contra 1.120 da Venezuela, segunda colocada.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade