+ Notícias

  • Crédito: CBV

    Emanuel: eternizado no Hall da Fama.

Emanuel entra para o Hall da Fama

Supercampeão se junta a outros 12 brasileiros, eternizados pelas conquistas no voleibol
Por: Redação - 20/10/2016 13:00:08
355 visualizações

Jogador mais vitorioso da história do vôlei de praia mundial, Emanuel será o 13º brasileiro a ingressar ao Hall da Fama do voleibol. O paranaense, dono de três medalhas olímpicas, receberá a honraria neste sábado, em Holyoke, nos Estados Unidos. A confirmação da indicação aconteceu no final de junho.

Emanuel se despediu das quadras em março deste ano, durante o Grand Slam do Rio de Janeiro. Durante as três décadas em que atuou, colecionou dezenas de títulos e quebrou recordes. Esteve presente desde a primeira edição do Circuito Brasileiro e disputou cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Emanuel se junta a Fofão, Renan Dal Zotto, Bebeto de Freitas, Nalbert, Sandra Pires, Adriana Behar, Shelda, Maurício Lima, Ana Moser, Carlos Arthur Nuzman, Bernard e Jackie Silva, no seleto grupo de brasileiros no Hall da Fama. "É o complemento de uma história. Uma honraria que inspira novos atletas, inspira pessoas a se dedicarem e acreditarem no esporte", diz Emanuel.

Na turma de 2016, também foram eleitos Nikola Grbic, ex-jogador e técnico da seleção da Sérvia; a norte-americana Misty May-Treanor, tricampeã olímpica no vôlei de praia; o coreano Man-Bok Park, ex-técnico da seleção peruana, e a central norte-americana Danielle Scott-Arruda, medalhista olímpica e que atuou em clubes brasileiros.

O Hall da Fama do vôlei foi criado em 1985 e, a partir de 1998, passou a receber atletas de fora dos Estados Unidos. Atualmente conta com 125 personalidades entre atletas, técnicos e dirigentes que contribuíram para o desenvolvimento da modalidade. O Brasil é o segundo país - empatado com a Rússia - com mais integrantes.

Emanuel é dono de três medalhas olímpicas (ouro em Atenas 2004, prata em Londres 2012 e bronze em Pequim 2008), foi três vezes campeão mundial, conquistou dez títulos no Circuito Mundial e três medalhas de ouro em Jogos Pan-Americanos.

No Circuito Brasileiro, obteve nove títulos. O seu primeiro parceiro no vôlei de praia, em 1991, foi o também paranaense Clésio. A partir de 1993, já jogando profissionalmente, formou dupla com Aloisio, Zé Marco, André Gomes Loiola, Tande, Alison, Pedro Solberg e Ricardo, parceria mais duradoura e vitoriosa.

Principais conquistas
Jogos Olímpicos (3 medalhas)
2004 - Ricardo / Emanuel - Atenas - Ouro
2008 - Ricardo / Emanuel - Pequim - Bronze
2012 - Alison Cerutti / Emanuel - Londres - Prata

Jogos pan-americanos (2 medalhas)
2007 - Ricardo / Emanuel - Rio de Janeiro - Ouro
2011 - Alison Cerutti / Emanuel - Guadalajara - Ouro

Campeonato mundial (3 títulos)
1999 - Loiola/ Emanuel - Marselha
2003 - Ricardo / Emanuel - Rio de Janeiro
2011 - Alison Cerutti / Emanuel - Roma

Circuito mundial (10 títulos)
1996 - Zé Marco / Emanuel
1997 - Zé Marco / Emanuel
1999 - Loiola/ Emanuel
2001 - Tande / Emanuel
2003 - Ricardo / Emanuel
2004 - Ricardo / Emanuel
2005 - Ricardo / Emanuel
2006 - Ricardo / Emanuel
2007 - Ricardo / Emanuel
2011 - Alison Cerutti / Emanuel

Circuito Brasileiro (9 títulos)
1994 - Zé Marco / Emanuel
1995 - Zé Marco / Emanuel
2001 - Tande / Emanuel
2002 - Ricardo / Emanuel
2003 - Ricardo / Emanuel
2006 - Ricardo / Emanuel
2008 - Ricardo / Emanuel
2011 - Alison Cerutti / Emanuel
2014/2015 - Ricardo / Emanuel

Rei da Praia (3 títulos)
2004, 2005 e 2008



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade