Circuito Brasileiro

  • Crédito: CBV

    Ágatha e Duda festeja a vaga na grande final, em Saquarema.
  • Crédito: CBV

    Ana Patrícia e Rebecca, juntos com sua equipe técnica, festejam a vaga na final.

Final Olímpica em Saquarema

Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca, nossas representantes em Tóquio, fazem a final em Saquarema/RJ
Por: Redação e agências/CBV - 20/09/2020 01:19:08
377 visualizações

O dia foi longo na arena do Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), com o afunilamento da disputa da primeira etapa da temporada 20/21 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Ao fim da jornada deste sábado (19.09), após a realização da repescagem, quartas de final e semifinais, a grande decisão contará com um duelo entre as duplas brasileiras classificadas para os Jogos de Tóquio: Ágatha/Duda (PR/SE) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE).

As duas equipes chegam à decisão invictas, com quatro vitórias em quatro partidas e nenhum set perdido. A final do torneio feminino acontece na manhã deste domingo (20.09) por volta do meio-dia, antes, às 11h, será a vez do duelo pelo bronze entre Josi/Juliana (SC/CE) e Talita/Carol Solberg (AL/RJ), ambas partidas com transmissão exclusiva no canal SporTV 2.

Mesmo sem contar com público presente em razão dos protocolos de segurança sanitária, as partidas não ficaram sem torcida. Alguns fãs do vôlei de praia tiveram a oportunidade de acompanhar as partidas por meio da “Arquibancasa”. Acessando um convite virtual, os fãs interagiram com o animador e participaram de ações nos intervalos das partidas. O sistema foi espelhado em telões na quadra central e trouxe mais animação e cores para dentro da competição.

Os torcedores também puderam eleger as melhores em quadra de cada partida por meio de votação no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Ágatha e Rebecca foram as eleitas nos respectivos confrontos das partidas semifinais.

Para chegarem à decisão, as duas duplas precisaram entrar em quadra duas vezes neste sábado, primeiro pelas quartas de final no início da tarde, e depois com a disputa das semifinais, na parte da noite. 

Quem garantiu primeiro um lugar na disputa pelo título no CDV foi Ágatha e Duda (PR/SE). Elas superaram, na semifinal, Josi/Juliana (SC/CE) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/19). Ao fim da partida Duda destacou o vento como fator de dificuldade em quadra, mas garantiu que a paciência foi a chave para o resultado positivo.

“Foi um jogo diferente, com muito vento, então tivemos que ter muita paciência para controlar o passe e entender o que a Juliana e a Josi estavam fazendo. Nessas condições o jogo muda, sai da característica normal. A gente conseguiu se divertir em quadra e deu tudo certo”, comentou Duda.

Na partida seguinte, em um duelo bastante acirrado, Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) venceram Talita/Carol Sol por 2 sets a 0 (21/19 e 21/18). O jogo teve que ser interrompido por 40 minutos em razão da chuva forte que caiu na região, mas a pausa não atrapalhou Ana e Rebecca que abrem o tour 2020/2021 em uma decisão, depois da conquista do título brasileiro na temporada anterior.

"Estou muito feliz com esse resultado. Esta etapa está sendo literalmente diferente para todas nós, e ainda tivemos essa chuva. Mas conseguimos nos portar bem diante da adversidade que apareceu, conseguimos imprimir nosso ritmo de jogo. A gente respeita muito a Talita e a Carol que formam um grande time. Espero que amanhã a gente consiga se desenvolver como fizemos hoje", disse Ana Patrícia.

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 52 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa.

DISPUTA POR MEDALHAS

BRONZE – Josi/Juliana (SC/CE) x Talita/Carol Solberg (AL/RJ) – 11h SPORTV 2

FINAL – Ágatha/Duda (PR/SE) x Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) – 12h SPORTV 2


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade