Circuito Mundial

  • Crédito: FIVB

    Bruno Schmidt durante partida de oitavas de final, em Gstaad.

Evandro e Bruno Schmidt vão às semifinais

Dupla superou russos e catarianos nesta sexta-feira e disputará medalha na etapa cinco estrelas
Por: Redação e assessorias/CBV - 12/07/2019 17:53:15

A dupla brasileira Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) avançou nesta sexta-feira (12.07) às semifinais do Major Series de Gstaad (Suíça), etapa cinco estrelas do Circuito Mundial de vôlei de praia 2019. O time que lidera a corrida olímpica brasileira superou russos nas oitavas de final, e catarianos nas quartas, nos jogos disputados hoje.

Os adversários na semifinal serão os noruegueses Mol e Sorum, neste sábado, às 9h (de Brasília), com transmissão em VT do SporTV 2 às 16h30. Os dois times se enfrentaram duas vezes até hoje, com uma vitória para cada lado. A outra semifinal será entre os holandeses Brouwer e Meeuwsen e os italianos Nicolai/Lupo, uma hora mais tarde.

Evandro e Bruno Schmidt começaram o dia superando os russos Liamin e Myskiv por 2 sets a 0 (21/12, 21/12) nas oitavas de final. Horas mais tarde, pelas quartas de final, triunfo de virada sobre os catarianos Cherif Samba e Ahmed Tijan por 2 sets a 1 (20/22, 23/21, 15/10). Após a vitória, Bruno comentou a reação após a queda no Campeonato Mundial.

“Ir para uma semifinal é sempre algo ótimo, especialmente aqui, um torneio incrível que todos querem disputar e chegar longe. Não tivemos um Campeonato Mundial bom, ficamos aquém do que podemos, tivemos algumas lições. Chegamos aqui pensando em chegar longe, não deixar as coisas escaparem, pensando jogo a jogo, dia a dia”, disse Bruno.

O bloqueador Evandro também analisou a evolução da dupla no torneio, o segundo mais importante do ano, e comentou a semifinal contra os noruegueses.

“Estamos motivados, crescendo, evoluindo bastante no torneio. Queremos continuar jogando bem, dando nosso máximo dentro de quadra para conseguir a vitória. Nosso primeiro objetivo era a semifinal, foi alcançado, agora vamos em busca da final. Ganhamos dois jogos importantes, o segundo disputado ponto a ponto com o Qatar, jogos que nos fizeram crescer. Vamos descansar, estudar os noruegueses, que são um ótimo time, mas sabendo do potencial da nossa dupla”, analisou Evandro após a vitória nas quartas.

Outras duas duplas brasileiras acabaram eliminadas da disputa nesta sexta-feira. Alison e Álvaro Filho (ES/PB) foram superados pelos italianos Nicolai e Lupo por 2 sets a 0 (21/16, 21/14), nas oitavas de final. Eles somam 450 pontos na corrida olímpica brasileira, e 600 pontos no ranking mundial, além de prêmio de cerca de R$ 30 mil.

Guto e Saymon começaram o dia superando os suíços Mirco Gerson e Adrian Heidrich nas oitavas de final, vencendo por 2 sets a 1 (19/21, 21/15, 15/13). Nas quartas, porém, acabaram superados pelos noruegueses Mol e Sorum, por 2 sets a 0 (21/14, 21/17). O quinto lugar em Gstaad rende ao time 540 pontos na corrida olímpica brasileira, 720 pontos no ranking mundial e cerca de R$ 45 mil em premiação.


Gol Linhas Aéreas Nissan
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade